Segunda-feira, 11 de Setembro de 2006

11.09

As grandes cidades sempre exerceram um enorme fascínio sobre mim, uma vez que as considero o expoente máximo da civilização.

O buliço diário de milhares de pessoas, a forma como se organizam num espaço limitado, as infindáveis estruturas que dão abrigo a esta vertiginosa actividade, as inúmeras engrenagens  que garantem o seu normal funcionamento, e a sua capacidade de constante renovação e adaptação ao presente são algumas das razões pelas quais sonho um dia poder trabalhar numa metrópole assim.

Claro que a perfeição não existe e algumas mentes tementes a Deus foram suficientes para dar origem a milhões de almas tementes ao Homem, tendo este cenário não só como pano de fundo mas como personagem principal. 

O que me perturba é saber que se Deus é inalcançável para aqueles que se revoltam contra Ele, o mesmo já não acontece quando o objecto que odiamos está cá em baixo e é mortal.

E eu espero para ver, ansiando não ver mais nada.

publicado por Incógnita às 15:34
link do post | comentar | favorito
|
Obstinada em encontrar-se... Dentro de si própria.

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.vasculhar

 

.posts recentes

. ...

. Epílogo

. Acordo Ortográfico

. Egolatrias

. .

. Tenho algumas dúvidas

. Cuidado com as palavras

. ...

. É amanhã, é já amanhã...

. É uma pessoa sortuda

.mais sobre mim

.links

.arquivos

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds