Segunda-feira, 30 de Abril de 2007

Oxigénio

Estou cansada.

Do trabalho, da vida que levo, da intensidade, da urgência que requer tudo para ontem.

Das viagens diárias para Lisboa, da antecipação que me exigem, das horas perdidas no trânsito. De chegar já cansada ao destino, quando me é pedido o máximo rendimento intelectual. De um café não bastar.

De ser nestas épocas que mais preciso de tempo e espaço para respirar, e igualmente nestas que menos os tenho.

 

Nestes dias sinto-me sozinha na multidão.

As conversas roçam a superficialidade do momento.

 

Sinto que a vida gira em torno de vontades alheias e imposições sufocantes.

Na impossibilidade de enterrar a cabeça na areia, enterro-a nas almofadas por tempo excessivo. Talvez à espera de acordar de um sonho mau.

 

Parem o tempo, que eu quero descer.

publicado por Incógnita às 20:45
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Pedro Leitão a 30 de Abril de 2007 às 20:52
muito bom. vou linkar

continua*
De Arco-Iris a 3 de Maio de 2007 às 00:26
Só é o preço de estarmos cá, mas é bom, temos q engolir uns sapitos, correr por vezes um pouquito mais do que nos apeteceria, só não deixar de apanhar a corrente, não deixando de ser nós próprios... Força, Vem aí o Verão, o descanso, o Sol; só falta mais um pouquinho.

Comentar post

Obstinada em encontrar-se... Dentro de si própria.

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.vasculhar

 

.posts recentes

. ...

. Epílogo

. Acordo Ortográfico

. Egolatrias

. .

. Tenho algumas dúvidas

. Cuidado com as palavras

. ...

. É amanhã, é já amanhã...

. É uma pessoa sortuda

.mais sobre mim

.links

.arquivos

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds