Sábado, 21 de Julho de 2007

.

Sei bem como é a queimadura de fogo brando. Quando se pressente já a pele ardeu demais. Dói antes mesmo de saberes porquê. Ficas ressequido, quebradiço. Sentes sede enquanto bebes, submerges numa ebulição febril e ofegante em que te desfazes; ferves dentro e fora. Por fim, basta uma suave brisa do entardecer para espalhar e varrer para a longe a areia fina em que te tornaste.

Sei.

Sei muito bem o que isso é.

publicado por Incógnita às 22:24
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Gabriela a 23 de Julho de 2007 às 12:15
Depois, vemo-nos, sentadas de pernas cruzadas, na rua em frente ao mar, com as mãos em concha, tentar reunir os grãos de areia em que nos tornamos e que teimam em ser arrastados pelo vento...
Obrigada pela tua visita ao meu blogue.
***
um jinho
Gabriela

Comentar post

Obstinada em encontrar-se... Dentro de si própria.

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.vasculhar

 

.posts recentes

. ...

. Epílogo

. Acordo Ortográfico

. Egolatrias

. .

. Tenho algumas dúvidas

. Cuidado com as palavras

. ...

. É amanhã, é já amanhã...

. É uma pessoa sortuda

.mais sobre mim

.links

.arquivos

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds