Terça-feira, 28 de Março de 2006

Tic, tac, tic, tac...

Foto de Rodrigo Siqueira -incards.com.br

 

A cidade estava um caos naquela tarde. As filas de trânsito intermináveis, o barulho, o stresse das correrias desenfreadas para chegar finalmente a casa, depois de um dia de desgastante trabalho. As pessoas estavam de cara fechada, cansadas, introspectivas. Ninguém olhava à sua volta, ninguém já ouvia nada que não fossem os ponteiros do relógio e a sua própria vontade. Por cima de tudo isto, um fantástico pôr-do-sol, indiferente à correria da cidade, proporcionava um espectáculo gratuito para todos aqueles que conseguiam erguer a cabeça acima dos seus próprios problemas, e que procuravam uma fuga momentânea ao ritmo vertiginoso imposto pela sociedade. Nas suas complicadas engrenagens, mais um dia na grande cidade chegava ao fim. Dentro de poucas horas tudo recomeçaria com um vigor renascido, após uma noite regeneradora. Hoje, como no dia seguinte, tal e qual como no dia anterior...

publicado por Incógnita às 20:37
link do post | comentar | favorito
Obstinada em encontrar-se... Dentro de si própria.

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.vasculhar

 

.posts recentes

. ...

. Epílogo

. Acordo Ortográfico

. Egolatrias

. .

. Tenho algumas dúvidas

. Cuidado com as palavras

. ...

. É amanhã, é já amanhã...

. É uma pessoa sortuda

.mais sobre mim

.links

.arquivos

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds