Segunda-feira, 18 de Junho de 2007

Nadando numa tigela cheia de Nestum

Interrogo-me com frequência sobre o que é que realmente importa, o que vale algum sacrifício. Entretenho-me a elaborar uma lista de prioridades, que pretendo sensata e coerente, na vida e para a vida, já que me parece uma das coisas que mais importa ter na bagagem quando se aspira viver a sério. Viver não é respirar. Viver não é assistir. Viver não é anuir. Viver não é atravessar na passadeira quando o sinal passa a verde.

 

Olho-me várias vezes ao espelho (ainda não consegui separar águas entre quem somos e quem parecemos. talvez um dia) e confronto a pessoa que um dia sonhei ser com quem me tornei. Fui excessivamente diferente de mim, durante demasiado tempo.

 

Preciso de tréguas, porque viver-se sufocado em sentimentos de culpa é uma condenação a repetir todos os erros, eternamente.

 

E, acima de tudo, porque a pessoa que sonhei ser, sorria genuinamente e possuía uma habilidade extraordinária para lidar com problemas e conflitos, de qualquer ordem.

publicado por Incógnita às 22:07
link do post | comentar | favorito
Obstinada em encontrar-se... Dentro de si própria.

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.vasculhar

 

.posts recentes

. ...

. Epílogo

. Acordo Ortográfico

. Egolatrias

. .

. Tenho algumas dúvidas

. Cuidado com as palavras

. ...

. É amanhã, é já amanhã...

. É uma pessoa sortuda

.mais sobre mim

.links

.arquivos

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds